ISOC 10 Julho 2020

Conclusão do projeto “Desenvolvimento de Redes Comunitárias na Região Norte do Brasil”

 

No mês passado foi concluído o projeto “Desenvolvimento de Redes Comunitárias na Região Norte do Brasil”, desenvolvido pelo Instituto Nupef, com financiamento do programa “Beyond the Net” da Internet Society em parceria com a ISOC Brasil. O projeto foi liderado por Carlos Afonso, coordenador do projeto e membro da nossa diretoria, e Oona Castro. Coordenaram e participaram da implantação Paulo Duarte, Rodrigo Troian, Gui Iribarren e Isabelle Schwager. 

Após dois anos de muito trabalho, foram desenvolvidas três novas redes de acesso comunitário no Estado do Maranhão: duas em parceria com as organizações e movimentos das quebradeiras de côco babaçu e uma no quilombo de Bairro Novo, em Penalva (MA). Nesta última, o Nupef já havia implantado uma rede em 2017, mas o instituto identificou necessidade e oportunidade de expansão e melhoria da rede, buscando maior resiliência e ampliação dos beneficiados. 

As redes de comunicação comunitária que o Nupef tem implantado em zonas rurais criam uma malha por meio roteadores (rádios wifi) instalados em determinados pontos do território que permitem o acesso a serviços locais, trocas de mensagens (serviços de voz sobre IP e de troca de mensagens, entre outros). O acesso à Internet é viabilizado por um sinal de satélite e distribuído em malha por esses roteadores – permitindo alcançar uma extensão maior do território. 

O processo de implantação de redes realizado pelo Nupef envolve bastante conversa e articulação com as entidades beneficiárias antes, durante e depois da implantação.

Antes do trabalho em campo, um diálogo é realizado junto aos movimentos e organizações que atuam no território. Esse diálogo prévio contribui para a definição dos locais prioritários, para a calibragem de expectativas, a identificação das condições de sustentabilidade das redes após o fim do projeto, e a definição dos principais objetivos e necessidades da comunidade, para que o Nupef possa sugerir ferramentas e programas adequados.

O trabalho no território durante os dias de implantação é feito com os membros da comunidade: a definição dos pontos da rede onde ficarão instalados os rádios wifi é feita conjuntamente, a equipe ensina os moradores a identificarem problemas mais comuns e a corrigi-los, a fazerem cabos e a instalarem os rádios. E todos realizam essas etapas juntos. Ao longo dos dias, o Nupef explica como a rede funcionará, quais são seus componentes, como eles funcionam. O objetivo é contribuir para a autonomia e conhecimento dos moradores, de modo que consiga fazer manutenção da rede após a saída do Nupef do território.

Após o trabalho em campo, o Nupef segue apoiando a comunidade na manutenção da rede, seja enviando equipamentos que precisem ser eventualmente substituídos, seja orientando configurações ou como usar os recursos. Um enlace de satélite é instalado (em geral de um provedor comercial) e o custo do enlace é subsidiado pelo Nupef por um período de seis meses a um ano. Durante esse tempo, as comunidades se organizam para compartilhar os custos da rede ao término do período de subsídio.

Além da abordagem técnica, são realizadas oficinas de produção de conteúdo (fotografia, edição de áudio, edição de vídeo, estruturas narrativas), com atividades envolvendo muitas vezes pessoas que não se envolvem tanto com a parte técnica, mas têm interesse ou prática na produção de registros, notícias, difusão da cultura local etc. O Nupef também aborda questões de segurança e cuidados para a proteção da rede e privacidade de seus usuários.

O projeto tem por objetivo ampliar a efetivação do direito à comunicação e à informação e contribuir para a luta pelo direito à terra, pelo direito à vida, pela igualdade socioeconômica, pelo direito à saúde, pela valorização da diversidade cultural. Os depoimentos de lideranças locais são positivos: relatam benefícios para as atividades econômicas, para a proteção de suas vidas e do meio ambiente, bem como para a relação com parceiros do movimento e familiares e amigos de outros lugares.

 

Pifeiros

Comunidade vendo mapa e definindo pontos prioritários para instalação dos rádios da rede

 

Reunião de apresentação da comunidade e da equipe do Nupef

 

Instalação de um dos rádios

 

Oficina de instalação de programas de mensageria a voz por IP nos celulares para uso na rede

 

Moradores da comunidade trabalhando na implantação de rede se juntam para ir a outro ponto distante

 

Oficina de edição de vídeo

 

Taquaritiua

Instalação de um dos rádios 

 

 Oficina de manutenção técnica 

 

Reunião para conhecer o mapa da comunidade e definir pontos de instalação

 

Penalva

Instalação da ampliação em Penalva

 

Mapa com pontos da rede em 2017 e 2019:

2019 - em branco os pontos colocados em 2017 e em vermelho, os pontos novos instalados em 2019

< Mais notícias

< Home