ISOC 27 Novembro 2020

ISOC Brasil promove Encontro Anual 2020

Em razão da pandemia, o tradicional evento promovido anualmente pela Internet Society será realizado inteiramente de forma virtual. O Encontro Anual 2020 da ISOC Brasil, que ocorrerá nos próximos dias 08 e 10 de dezembro, será destinado à discussão do presente e do futuro da Internet Society e do seu capítulo brasileiro.

O evento será dividido em dois painéis, que contarão com a participação de convidados ilustres do cenário local e internacional, fomentando discussões abertas à comunidade. 

O primeiro painel, intitulado “O Presente e o Futuro da ISOC Internacional”, ocorrerá no dia 8 de dezembro, às 17h, com a participação de Christian O’Flaherty, Vice-Presidente Regional da ISOC para América Latina e Caribe, e Olga Cavalli, membro do Board of Trustees da ISOC, e moderação de Carlos Afonso, cofundador e ex-presidente da ISOC Brasil. 

No segundo painel do evento, discutiremos “O Presente e o Futuro da ISOC Brasil”. O debate ocorrerá no dia 10 de dezembro, às 18h, e contará com a participação dos painelistas Carlos Afonso (cofundador e ex-presidente da ISOC Brasil), Guilherme Alves (SaferNet Brasil), Juliana Novaes (Youth Observatory - Internet Society Youth SIG) e Raquel Gatto (Advogada, ex-gerente de políticas sênior da ISOC). A mediação será feita pelo atual presidente do capítulo brasileiro, Prof. Flávio R. Wagner.

O evento poderá ser acessado de forma gratuita através dos seguintes links: Painel 1 e Painel 2. Confira mais informações sobre a programação:

Painel 1 – O Presente e o Futuro da ISOC internacional
08 de dezembro (terça-feira) - 17h às 18h
Painelistas:
Christian O’Flaherty (Vice-Presidente Regional da ISOC para América Latina e Caribe)
Olga Cavalli (Membro do Board of Trustees da ISOC)
Moderador: Carlos Afonso (cofundador e ex-presidente da ISOC Brasil)

Neste painel, serão abordadas as questões:
● Quais são as estratégias da ISOC para os próximos anos, dos pontos de vista técnico, político e organizacional?
● Quais são os principais desafios e oportunidades para a ISOC nos próximos anos?
● Quais foram as principais lições aprendidas com a tentativa de venda do controle da PIR?
● Qual papel os capítulos nacionais podem ou devem desempenhar?

Painel 2 – O Presente e o Futuro da ISOC Brasil
10 de dezembro (quinta-feira) - 18h às 19h30
Painelistas:
Carlos Afonso (Cofundador e ex-presidente da ISOC Brasil)
Guilherme Alves (SaferNet Brasil)
Juliana Novaes (Youth Observatory - Internet Society Youth SIG)
Raquel Gatto (Advogada, ex-gerente de políticas sênior da ISOC)
Moderador: Flávio R. Wagner (Presidente da ISOC Brasil)

Neste painel, serão abordadas as questões:
● Quais são os principais desafios e oportunidades para a ISOC Brasil nos próximos anos?
● De que forma a ISOC Brasil pode envolver seus membros de maneira mais efetiva em suas ações?
● Quais tipos de ações a ISOC Brasil deveria realizar, mas não estão sendo atualmente realizadas?
● De que forma a ISOC Brasil poderia aumentar de forma significativa suas receitas?
● Supondo um aumento significativo de receitas, de que forma esses recursos adicionais deveriam ser
utilizados? 

 

Sobre os painelistas e moderadores:

Christian O’FlahertyMembro da Internet Society desde 2009, atua como vice-presidente regional para a América Latina e o Caribe. É um membro ativo na comunidade local, tendo atuado como Presidente do Fórum de Políticas Públicas de LACNIC, como fundador/membro do conselho de organizações locais e regionais incluindo o Grupo de Operadores de Rede da América Latina e Caribe (LACNOG), IXP argentino (CABASE), Associação IXP Latino-americana (LAC-IX), dentre outros grupos de trabalho técnicos.

Olga Cavalli Uma líder em Internet cujo trabalho tem sido fundamental para ampliar a participação da América Latina e do Caribe na Governança da Internet. Diretora e cofundadora da South School on Internet Governance e da ARGENSIG (Escuela Argentina de Gobernanza de Internet), Olga atua fortemente junto à ISOC e ICANN, sendo membro da diretoria da ISOC Argentina, e membro do Board of Trustees da ISOC.

Carlos AfonsoUm dos nomes brasileiros mais lembrados no cenário da Governança da Internet. Carlos Afonso é engenheiro, Mestre em Economia Economia pela York University, onde cursou o doutorado em Pensamento Social e Político. Trabalha com desenvolvimento humano desde a década de 70, tendo fundado e atuado junto de diversas organizações. É autor de livros, artigos e estudos sobre temas sociais e políticos e sobre o desenvolvimento e governança da Internet. Foi cofundador e presidente do capítulo brasileiro da Internet Society. Atualmente, é membro do Grupo Assessor Multissetorial (MAG) do IGF e diretor-executivo do Instituto Nupef, centro de pesquisa com atuação em políticas públicas e formação, com foco em alavancagem das TICs para o desenvolvimento humano sustentável.

Flávio R. Wagner: Professor do Instituto de Informática da UFRGS, Presidente da Sociedade Brasileira de Computação por dois mandatos (1999-2003), Conselheiro do Comitê Gestor da Internet no Brasil por três mandatos (2008-2017), membro do MAG - Multistakeholder Advisory Group da ONU entre 2015 e 2017, Presidente da ISOC Brasil desde 2018.

Guilherme Alves: Jornalista (UERJ) e Mestre em Tecnologia e Sociedade (UTFPR). Foi Chefe Editorial do Youth Observatory (2018-2020), Grupo de Interesse Especial da Internet Society. Atualmente é Coordenador de Engajamento de Jovens na Safernet Brasil. Membro do Capítulo Brasileiro da ISOC desde 2016.

Juliana Novaes: Pesquisadora na área de direito e tecnologia e ativista dos direitos digitais. Faz parte do Conselho Diretor do Observatório da Juventude da Internet Society/Youth Observatory (Youth SIG) e é Internet of Rights Fellow na ARTICLE 19. Seus principais tópicos de interesse são regulação de infraestrutura, economia digital e liberdade de expressão na Internet. 

Raquel Gatto: Advogada e doutora em Direito pela PUC/SP. Atuou como Gerente Sênior de Políticas Públicas na Internet Society (ISOC), assessora no Núcleo de Informação e Coordenação do .br (NIC.br), e diretora da Sociedade da Internet no Brasil. Foi membro do Comitê Assessor Multistakeholder para o Fórum de Governança da Internet da ONU.

< Mais notícias

< Home